Cultura na FMUSP

A área de Cultura e Extensão Universitária tem como objetivo fomentar intercâmbios entre a comunidade acadêmica e a sociedade, de forma que os progressos científicos e tecnológicos produzidos na universidade sejam ágil e amplamente difundidos e, da mesma forma, as necessidades e experiências produzidas na sociedade possam estimular e enriquecer a pesquisa e o ensino na universidade.
As atividades culturais têm também um papel fundamental nesse sentido, por serem momentos de expressão e compartilhamento de experiências intelectuais, estéticas e afetivas que constroem identidades e vínculos sociais, necessários para uma vida humana plena e solidária.
O sistema acadêmico de saúde da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), com seu complexo de unidades de ensino e assistência, desenvolve um conjunto bastante amplo de atividades relacionadas à área de Cultura e Extensão, nem todas sob a responsabilidade institucional da sua Comissão de Cultura e Extensão Universitária (CCEx).

Atividades culturais: Como atividade cultural já consolidada em nossa Unidade, vale citar a Série Aquarela, que consiste de concertos periódicos de música erudita em nosso Teatro, sob responsabilidade da Orquestra Sinfônica da USP. Temos também o AcordaVocal, coral formado por profissionais do Quarteirão da Saúde (HC, FMUSP, EE-USP, Faculdade de Saúde Pública, Secretaria de Estado da Saúde, Instituto Adolfo Lutz e Instituto Emílio Ribas). Destacamos também as atividades da série “Saúde e Diversidade”, que, desde 2007, traz para a comunidade FMUSP a reflexão sobre a diversidade cultural e racial e suas implicações sobre a saúde e o cuidado em saúde, com palestras, performances, artes plásticas etc. Além disso, seja como parte de projetos da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão, como as Semanas de Arte da USP, seja por iniciativas locais, realizamos atividades diversas nas áreas de artes dramáticas, artes plásticas e esporte.

História e memória: A CCEx compreende a importância da preservação e divulgação da memória e do acervo histórico da FMUSP para as ações de Cultura e Extensão em nossa Unidade. Tendo isso em vista, a CCEx é responsável pelo Museu Histórico “Prof. Carlos da Silva Lacaz”, que possui um valioso acervo sobre a história da medicina brasileira, especialmente no que se refere à primeira metade do século XX e à institucionalização da Medicina em São Paulo. O Museu foi revitalizado e reinaugurado em 2009 a partir de um projeto museal moderno e ativamente voltado para suas vocações sociais, com um ousado projeto de incentivo à pesquisa histórica, intercâmbios institucionais, grupos de estudo, publicações, exposições temáticas e itinerantes, além de ser aberto para a visitação do público em geral.

Ensino e pesquisa em extensão: Já foi implantada, na graduação, a Disciplina Optativa de Cultura e Extensão. A idéia é estimular os alunos a incluírem em sua experiência curricular, para além das disciplinas de caráter técnico-científico, o envolvimento em atividades de Cultura e Extensão, concentrando aí parte dos créditos a serem obtidos em disciplina. A CCEx também tem estimulado a produção e divulgação de conhecimentos voltados especificamente para o aperfeiçoamento e avaliação de atividades de extensão, apoiando o desenvolvimento de projetos, organização de seminários e participação de alunos em eventos nacionais e internacionais sobre a temática. Como outra forma de estímulo à participação discente em projetos extensionistas, a Pró-Reitoria de Cultura e Extensão criou o programa “Aprender com Cultura e Extensão” – do qual a FMUSP vem participando ativamente – que fornece bolsas a acadêmicos envolvidos em projetos de extensão.
SP, 22/10/2009